sábado, 17 de janeiro de 2009

Olhar

Porque há aqui sempre tantas estrelas e eu nunca consigo estar com nenhuma?

Sem comentários: