domingo, 2 de outubro de 2016

Pestanejar a sorrir

Querido Pataco,

Hoje queria contar-te uma notícia, sobre aquele assunto de que tantas vezes tínhamos falado. Estou à tua espera na varanda, à espera da estrela mais cintilante para te contar da novidade. Desconfio que já saberás mas quero dizer-ta saindo as palavras e pensamentos do meu coração. Como tu mereces.
A Luna não me deixou sozinha hoje um minuto. E sinto que tu também não...
Obrigado pela benção. Sinto-me grata. Agradecida. A pessoa mais feliz do mundo. Um sentimento ímpar e demasiado bom para ser elaborado por palavras.