sábado, 16 de dezembro de 2006

Meandros dos futebóis

Pinto da Costa recusa demitir-se do cargo de Presidente do FCPorto, como já era esperado. Não sou das que apela à sua demissão, até porque acho que não tem de o fazer apenas devido às actuais circunstâncias. Não sei se há mais quem admita isto, mas a verdade é que as acusações que a sua ex-companheira fez, já eram do conhecimento de todos! Ou não? E a algum tempo... ou não? Vamos lá a ser sinceros, esquecendo a cor do coração!

Quantas vezes o Porto venceu favorecido pelos cartões do árbitro, ou pelas faltas assinaladas ou omitidas? Sabemos que foram muitas... tal como o Benfica também já tem, infelizmente, alguns jogos desse género no historial, se bem que não tem tantos como o clube da invicta. Sou benfiquista e admito isto! Qual o problema de os portistas também o admitirem? Na segunda-feira ouvi o Miguel Guedes na Antena 1 e o que ele disse não me surpreende por já ter tido uma conversa com ele sobre isto: não acredita nas acusações de Carolina, porque para ele o Pinto da Costa é intocável... é o coração a falar e a sobrepôr-se à razão!

Desde que estou no norte, já ouvi muitas histórias sobre o Porto, que não me surpreenderam. O facto de o líder dos Super-Dragões ter um Porsche até ao facto de alguns elementos da PJ estarem totalmente vinculados ao FCP, e apenas a eles obedecendo. E sinceramente não acredito que este caso, como outros que andam nos tribunais deste país, vá condenar alguém!

4 comentários:

Ledbetter disse...

Ou a tua memória é selectiva ou “é o coração a falar e a sobrepor-se à razão”, quando assumes e concluis com certeza que o Porto já foi mais beneficiado que o Benfica ou Sporting e que este benefício é resultado de prévia acção criminosa . Em que te baseias para dizeres isso? Na matemática? Ou não será mais coração e influências “lampiónicas” na formação de uma opinião?
Aiaiai...A inveja calcina a boa-fé...
Mas eu compreendo...bastou o Benfica sair da letargia de 10 anos e ganhar um campeonato para eu me sentir também assim um pouco...Portanto imagino o que é ver um rival ganhar 7 campeonatos nos últimos 10 anos e tornar-se no clube português com mais títulos e participações internacionais...
Imagino que esses ácidos estomacais refluam com muita intensidade quando o bom-nome do clube é posto em causa com suspeitas que toda a gente ansiava desde sempre e que assumem desde logo como uma evidência absoluta! Nem interessa muito o carácter de quem fez as acusações, esquece-se antigos conflitos com a pessoa em questão e aliam-se na causa mais nobre e epopeica que o povo anseia...o derrube da papa do futebol português! Hollywood já está à espreita....
Eheheh!
Bjitos!

Mooncry disse...

Ai ai ai estás a agir como o Miguel, com o coração a falar mais alto que a razão, e isso nem parece teu!

Sabias que o Pinto da Costa já foi julgado (em dois ou três processos similares, tanto na acusação como no desfecho) por ter recebido árbitros em casa, que iam apitar jogos do Porto um dia depois (o que é perfeitamente normal...)? Sabes que o processo foi arquivado porque o juiz concluiu que chamadas telefónicas não eram provas credíveis (então não sei o que são!), ignorando todas as outras provas que existiam?

Não esqueci o jogo benfica-porto, quando a autora deste pólémico livro demonstrou, com gestos e atitudes, como odeia o Benfica... e agora parece uma aliada! De facto é estranho, e há coisas referentes ao livro que ainda me são estranhas e suscitam mtas dúvidas, mas por outro lado, já ha algum tempo que sei (porque as evidências crescem em cada dia que passa) que existe uma enorme corrupção no mundo do futebol (ou tens alguma dúvida disso??), não estando por isso o Porto ou o Benfica a salvo dessas acusações.

No caso do José Veiga, que não defendo e sinto na verdade alguma vergonha por ele ter sido presidente da SAD do Benfica durante tanto tempo (porque admito que ele é corrupto!), foi dado um enorme mediatismo aos acontecimentos, ao passo que agora neste caso isso não aconteceu de forma tão evidente. Também porque ele não quis prestar declarações, mas também porque não ha assim tanta imparcialidade nos media em portugal, como se acredita! Então não sei do que se queixam os portistas!

E inveja de quê? Das vitórias? Nãã... até porque sou das primeiras a congratular o clube quando elas ocorrem, sobretudo se são merecidas, porque quando não o são a revolta aumenta, como é obvio! O que acho que existe é uma espécie de "olhar mais do que atento devido às inúmeras vitórias", pelo menos da minha parte. E também talvez um aumento de "enjoo da cor azul" por de à dois meses para cá, ver todos os dias uma secretária com uma fotografia enorme do Vítor Baía, e uma foto de uma taça qualquer no ambiente de trabalho do meu editor!

Por último, não achas estranho o FC Porto controlar a polícia aqui da zona? E isto foi dito por alguém credível, portanto neste aspecto não tenho a mais pequena dúvida! Faz um esforço e admite, vá lá ;) Até porque não é vergonha nenhuma, sobretudo vendo o estado actual do futebol português!

Anyway espero que esteja tdo bem cnt e com o teu mestrado... já não te vejo há uns tempinhos grandes :p
Bjinhos

Sabbah disse...

Ou existe corrupção ou não existe! Se existir, os implicados devem ser julgados e consequentemente condenados. Sejam "Veigas","Azevedos" ou "Pintos da Costa". Portugal não é a Índia! Aqui não há “vacas sagradas”! Para novelas más, já chegam a Floribela e os Morangos com Açúcar.

Mooncry disse...

O problema é quando existe corrupção e mesmo assim os implicados não são julgados e muito menos condenados... porque simplesmente vivemos em Portugal.
Daí que tenha algumas dúvidas se há ou não vacas sagradas aqui em Portugal!
*