domingo, 3 de dezembro de 2006

Compra de órgãos

Muitos doentes norte-americanos necessitados do transplante de um órgão dirigem-se a países pobres como o Paquistão, para comprar a um dador vivo o órgão de que necessitam, ficando assim o trabaplante substancialmente mais barato. Os órgãos mais procurados são os rins, que chegam a custar cerca de 190 mil euros nos Estados Unidos, e quando comprados num país pobre, a custam apenas 15 mil euros. Para fazer face a este problema, alguns médicos norte-americanos estão a defender a regulamentação dentro do seu país, da compra de órgãos a dadores vivos.

A Organização Mundial de Saúde calcula que cerca de 10% dos transplantes renais que se efectuam no mundo implicam este tipo de viagens a países subbdesenvolvidos. A Índia chegou a ser conhecida como o "bazar dos rins" em 1995, mas a situação melhorou quando o Governo se empenhou no combate a este tráfico.

Sem comentários: