segunda-feira, 27 de novembro de 2006

Julgamento de Berlusconi adiado

O julgamento do ex-chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, foi novamente adiado devido a razões de saúde, na sequência de um desmaio do empresário no Domingo, enquanto pronunciava um discurso num congresso organizado pelo Círculo de Jovens de Montecatini, junto de Florença. Os juízes da primeira secção penal do tribunal de Milão aceitaram o pedido dos advogados de Berlusconi, para que o julgamento fosse adiado e marcaram nova sessão para a próxima sexta-feira.

Os médicos recomendaram como medida de precaução, a permanência de Berlusconi no hospital durante um dia, para observação. Já a 21 de Novembro, os advogados do magnata dos meios de comunicação social italianos pediram o afastamento do presidente do tribunal que o irá julgar, por este já ter feito parte de outros processos contra o empresário.

Berlusconi vai ser julgado, juntamente com outras dez pessoas, por alegadas irregularidades na venda de direitos cinematográficos do grupo Mediaset. É acusado de fraude fiscal e apropriação indevida das operações de compra e venda de direitos de transmissão de filmes norte-americanos.

Sem comentários: