sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Obrigado...

Diário de Notícias


"Olá! Sou uma iraquiana e estou aqui para agradecer aos EUA e à comunidade internacional pelo estado em que se encontra o meu país. Antes tínhamos um ditador mas não havia guerra! Tinhamos falta de alguns tipos de comida mas agora temos fome. Antes conheciamos uma ou outra pessoa que tinha morrido às mãos de Saddam Hussein, mas agora conhecemos famílias inteiras que desapareceram mortas à custa desta guerra que ninguém pediu. Antes conseguíamos viver neste país com algumas limitações, mas agora tornou-se impossível permanecer aqui, na terra onde nascemos, crescemos, tivemos os nossos filhos e sonhamos morrer um dia.

Mas obrigado de qualquer forma por terem transformado o meu país num inferno!"

Não sentem a consciência pesada? Eu sinto!

Ontem ouvi na rádio que morrem em média 100 iraquianos por dia! Quantos morriam na época do "diabo em forma de gente" chamado Saddam Hussein? Volto a dizer que não o estou a defender... apenas defendo que as coisas não se resolvem como os EUA decidiram resolver este assunto! Relembremo-nos que sem o consentimento e aprovação da comunidade internacional (à excepção da Inglaterra e Espanha), mas mesmo assim tiveram a coragem de fazer o que lhes apetecia... e aconteceu o que eu e muitas outras pessoas previram na altura do ataque!
Ainda me lembro das infinitas discussões com amigos e familiares sobre isto... e no que acabavam sempre por me chamar... na cara estupefacta com que me olhavam... na cara de certeza quando alguém disse que haviam misseis escondidos no Iraque ao que eu respondi "Não acreditem em tudo o que vêem"... e novamente ares atónitos! Sinceramente não é preciso ser muito inteligente... mas cauteloso e realista! Perceber como se comportam os xiitas, os sunitas, todos os povos do Médio Oriente! E os políticos também sabiam como isto ia terminar... duvido que os americanos não soubessem onde se iam meter.... mas porque se meteram é a grande questão.
Na Madeira também há uma ditadura, se bem que está camuflada... será que os EUA se importam de a invadir e prender o Alberto João!? Nós aqui do continente até agradeciamos...
E Cuba! E a Coreia do Norte? E a China? 'Bora acabar com todas as ditaduras e fazer um mundo democrata! Mas por favor, não tão democrata como os States... ou então eu prefiro mudar de planeta!

E sim, podem chamar-me anti-americana! Mas não posso achar bem o que aconteceu no Iraque e muito menos o que está a acontecer no Líbano (sim... porque Israel não está sozinho nesta guerra ou porque será que a ONU e toda a comunidade internacional ainda não fizeram nada!? A Condolezza está apenas a despistar o "pessoal" porque na verdade tenta não fazer nada... e chega mesmo a conseguir, com muito esforço... não fazer nada)


P.S. Gostaram da fotografia? Não!!Temos pena... mas é a realidade!

3 comentários:

RONALDO S. ALVES disse...

O MAL SÓ VENCERÁ SE OS BONS FICAREM DE BRAÇOS CRUZADOS.

Mooncry disse...

Nem sempre as coisas são assim! Ás vezes o mal aparece e nem nos damos conta disso...
*

dois lados da mesma moeda disse...

Parabéns Catarina! Gosto de ler teus textos, são erajados e consistentes!